Haicai, Verso e Prosa

Letras e Sentimentos

Meu Diário
10/12/2015 15h51
GINKÔ – passeio poético para composição de haicai.

Confraternização anual - BONENKAI - do Grêmio Haicai Ipê em 06/12/2015

GINKÔ – passeio poético para composição de haicai.

A confraternização anual - onde seria realizado o ginkô pelos componentes do Grêmio Haicai Ipê, aconteceria no Sítio do Bugre, da mestra Teruko Oda, dia 06 de dezembro de 2015, em Cotias – São Paulo. Entretanto, em consequência da obra da SABESP na rua de acesso à residência campestre da família Oda, o Sr. Kenji Takemoto, presidente da Associação Cultural e Educacional Nikkei Bungaku do Brasil, conseguiu com seu amigo, Jorge Hanaoka que o evento fosse realizado eu seu sítio, próximo ao local anteriormente planejado.

A van que nos conduziu de São Paulo à Estrada de Pununduva, estacionou dentro do sítio, logo à entrada. Uma chuva fina umedecia as flores do jardim espalhadas pelos canteiros nos vários ambientes. As nuvens carregadas não impediram de apreciarmos a beleza da paisagem verdejante, em contraponto ao horizonte cinza, logo ao desembarcarmos da condução.

O brilho colorido das várias espécies de flores, indiferentes às gotas que suavemente pousavam nas pétalas das rosas, das dálias, dos lírios africanos, das flores de cosmos, nas helicônias e tantas outras plantas decorativas, nas alamedas, ao entorno da piscina, contornando a casa do caseiro, nos fundos da casa grande...

O grupo da van foi recepcionado pelos companheiros que já se encontravam no sítio. O Sr. Kenji e o Sr. Jorge mostraram aos visitantes as dependências onde aconteceria o evento. No grande salão a mesa do café com iguarias apetitosas estava à disposição dos haicaístas.

No passeio poético pelo sítio – o ginkô do Ipê – 2015, composto por poetas com papel e caneta em punho, espalhou-se pelas alamedas arborizadas, cheias de flores e canto de passarinhos. Ao meio dia, na mesa da varanda, os poetas iam se acomodando para a seleção dos haicais compostos durante o passeio. Cada um poderia escolher dois dos muitos realizados.
Ao final tivemos a classificação seguinte:

!º lugar: Teruko Oda
-
Súbito alvoroço – 
Pega-pega de andorinhas
no vasto horizonte.
-
2º lugar: Benedita Azevedo
-
As gotas de chuva – 
As trombeteiras curvadas
fazem reverência.
ou
As gotas de chuva – 
Curvadas as trombeteiras
fazem reverência.
-
3º lugar: Ane Ramos
-
Lá fora flores
No salão animado
Sons do oriente.
-
4º lugar: 2 haicais de Carlos Roberto Bueno

domingo de manhã
no topo das colinas
as araucárias
-
azul da piscina
as sombras dos haicaístas
nas nuvens brancas
-
5º lugar: Cristiane Cardoso
-
Tento acompanhar
Loucos voos das andorinhas – 
Ah, essa liberdade
-
6º lugar: com 1 voto cada:
-
Teruko
-
Sinos da memória – 
As trombeteiras floridas
sob um céu chuvoso.
-
Benedita
-
Costelas-de-adão 
no canteiro lateral – 
Canta o bem-te-vi.
-
Maria Fátima
-
As trombeteiras – 
À beira do caminho
Louvação do dia.
-
Márcia Marchini
-
Na caminhada
Azul em movimento
Borboleta.
-
Cotias, 06/12/2015
Benedita Silva de Azevedo

-


Publicado por Benedita Azevedo em 10/12/2015 às 15h51
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras