Haicai, Verso e Prosa

Letras e Sentimentos

Textos


PROJETO HAICAI NA ESCOLA - 10 ANOS DEDICADOS ÀS CRIANÇAS, À POESIA E À LEITURA - Autora: Benedita Azevedo
-
2004 - 1ª EDIÇÃO DO PROJETO
-
Criado em 04 de outubro de 2004 - Primeira oficina, dia 05 de novembro de 2004
GRÊMIO HAICAI SABIÁ
Fundado em 17 de junho de 2006
GRÊMIO HAICAI ÁGUAS DE MARÇO
Fundado em 16 de fevereiro de 2008
-
Projeto Haicai na Escola, embrião de 02 Grêmios
Autoria e coordenação: Benedita Azevedo
-
DEZ ANOS LEVANDO A POESIA ÀS ESCOLAS, ACADEMIAS DE LETRAS OU ONDE FOR SOLICITADO!
-
O Projeto Haicai na Escola é anterior à fundação dos grêmios. Teve início em 2004, quando já me preparava para a aposentadoria. Sabia que seria difícil manter-me longe dos alunos, principalmente das oficinas de redação e poesia, um trabalho realizado em todas as escolas onde lecionei desde 1977.
-
Acabara de publicar, em outubro de 2004, o livro “Nas trilhas do haicai” com uma pequena monografia ao final, já com a intenção de trabalhar com os alunos, nas oficinas de textos essa modalidade poética, para lhes despertar e aprimorar o interesse pela leitura e a escrita de textos breves.
-
Em razão disso, entrei em contato com a direção do Colégio Estadual Oswaldo Cruz, onde trabalhara em 2003 e tive autorização para aplicar o Projeto. Fiz, então, a primeira oficina. O fato repercutiu e mais três escolas solicitaram palestras e oficinas em 2005. Então, tive a idéia de fundar um Grêmio de Haicai, similar ao Grêmio Haicai Ipê, que eu freqüentava desde agosto daquele ano.
-
A sondagem realizada por mim entre os colegas de escolas e academias resultou na formação de um pequeno grupo, com o objetivo de continuar a oferecer as oficinas nas escolas. Então, foi fundado o Grêmio Haicai Sabiá, com programação nos dias 17 e 18 de junho de 2006. Prestigiaram a inauguração, intelectuais de outros gêneros literários e instituições das quais somos integrantes: A presidente da UBT-RJ, Maria Nascimento; a presidente da APALA (Academia Pan America de Letras e Artes) e do InBrasCI (Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais) Marilza de Castro; o presidente da Academia Mageense de Letras, Reinaldo José Ferreira, o tesoureiro, Alzir Ferreira, Demétrio Sena e Iraí Verdan, membros efetivos da AML. 
-
Tivemos o apoio e presença dos haicaístas do Grêmio Haicai Ipê: Edson Kenji Iura, Teruko Oda, Guin Ga Éden, Valdir Peyceré, Sérgio Brown e Juliana Bittencourt, e os haicaístas do novo Grêmio: Demétrio Sena, Maria Madalena Ferreira, Iraí Verdan e Benedita Azevedo.
-------------------------------------------------
2004 - 1ª Edição do PROJETO
Colégio Estadual Oswaldo Cruz
Diretora: Varlene Teixeira de Sousa
Professora de Português: Selma Silva de Paulo
Turmas: 504, 602 e 702 - Tema: Livre
Praia do Anil, Magé – RJ, 05 / 11 / 2004
Professora Benedita Azevedo
-
Tema livre
-
01
Praia da luz –
Junto com o sol da manhã
chega a primavera
Angelina - turma 504
02
À beira da praia
um bando de garças voa
para o ninhal.
Bianca
03
Manhã de verão.
Para a praia da Coroa
vou com a família.
04
Vem chegando a noite.
O sol amarelo-ouro
tinge o horizonte.
Luís Pereira Dias Munhões – 702
05
Manhã de verão.
O sol enfeita este dia
à beira da praia.
Jeneffer – 504
06
Praia do Anil.
Chuva ao entardecer
afasta os turistas.
Luana Santos – 602
07
Os raios luzentes
Do sol sobre a Mata Atlântica
refletem no mar.
Vanessa Esteves
08
Praia de Mauá.
Linda como você
não vou encontrar.
Danielle
09
Praia do Limão.
Levo a família todinha
para pescar.
Tainá
10
Chega a primavera.
Olho as flores azuis
na beira da rua.
Cristina Pereira – 602
11
Praia do Limão.
Os capoeiristas jogam
ao sol de verão.
Marcelo – 702
12
Caminha dengoso
meu gato na Praia do Anil.
Tarde de verão.
Aline de Assis – 702
13
Noite de inverno.
Na subida para a igreja
o vento cortante.
Lediane – 702
14
Verão na Coroa.
O cheiro de maresia
Invade a quitanda.
Daniele - 602
-
Praia do Anil, 25 de outono de 2014
Benedita Azevedo
Benedita Azevedo
Enviado por Benedita Azevedo em 11/11/2014
Alterado em 12/11/2014


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras