Haicai, Verso e Prosa

Letras e Sentimentos

Textos

Solidão
Estar sozinha faz-me bem, eu creio,
Deixa-me concentrada e então se faz
Um bem estar  me deixa sem anseio
Com o coração quieto crio mais.

A imaginação flui naturalmente
Toma o rumo certinho do que espero.
Brotam textos com a rima pertinente
Seja de amor ou amizade, eu  quero.

Com riqueza os detalhes aparecem
O texto vai brotando devagar...
Retoco com cuidado o que faltar.

A solidão a muitos estremece
Nem todo mundo sabe ficar só
Preencho o tempo e faço o que aparece.

Escrevo, vejo textos revisando
Enganos que apareçam, tiro o nó.
E assim a solidão eu vou driblando.

Praia do Anil, 31.12.200

Benedita Azevedo
Enviado por Benedita Azevedo em 19/01/2008
Alterado em 12/09/2008


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras